Recentes

Os Melhores Filmes de 2019

Coringa

Nesse primeiro dia de novo ano, trago para vocês uma lista de melhores filmes de 2019. Demorei para redigir essa postagem, por que faltava que eu assistisse um longa essencial para essa lista.

Lembro que gosto é bastante pessoal, mas que levei em consideração critérios como roteiro, atuações, montagem, efeitos visuais, sonoros e etc.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


10 - ROCKETMAN: 

Rocketman

Diferentemente de outro longa que fala sobre uma grande banda de rock, Rocketman prefere não apelar para os grandes sucessos para dizer que é bom - mesmo tendo alguns deles. O longa tem uma ideia fantástica ao escolher como contar sua história, e Taron Egerton dança, canta e interpreta de uma forma primorosa.


9 - DOIS PAPAS: 

Dois Papas

Focando nos diálogos entre os Papas Francisco e Bento XVI, o filme se torna exemplo ao tratar a religião sem parecer uma propaganda. Além disso, com um roteiro espetacular, o longa não toma partido de nenhum dos lados, e traz ao telespectador várias reflexões naquelas conversas tão únicas.


8 - DOR E GLÓRIA: 

Dor e Glória

O longa é bastante autoral, tratando da vida de Pedro Almodóvar, e focando em um período que o diretor não estava filmando. Com um encerramento genial e uma interpretação maravilhosa de Antonio Banderas, o filme quebrou fronteiras e estará possivelmente nas premiações.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



7 - TOY STORY 4: 

Toy Story 4

Não é comum que animações estejam entre os meus prediletos (conquista alcançada apenas por Divertida Mente), porém Toy Story 4 me pegou em cheio, principalmente por que o longa é uma bela metáfora sobre a vida. O filme escolhe gerar discussões sobre depressão, ansiedade, feminismo, aceitação, e tudo isso de uma forma simples, que agrada tanto adultos quanto crianças.


6 - BACURAU: 

Bacurau

Para muitos o melhor filme nacional do ano, Bacurau brinca com o estilo hollywoodiano e brasileiro de cinematografia. A direção de Kleber Mendonça e Juliano Dornelles, é inteligente ao mesclar duas culturas totalmente distintas, e fazer com que tudo aquilo faça sentido em um longa, trazendo ainda uma história única e envolvente. Contando com nomes estabelecidos como Sônia Braga e Udo Kier, o filme conquistou seu espaço até mesmo no estrangeiro.


5 - O IRLANDÊS: 

O Irlandês

Talvez o mais autoral filme de Martin Scorsese, o longa gerou polêmica por ter mais de 3hs de duração. Falando da máfia italiana, mas com o processo de envelhecimento como pano de fundo, a obra consegue emocionar muito aqueles que se identificam com a trama. Além disso, trazendo conflitos familiares de uma forma muito humana, o filme gera muita reflexão. Robert De Niro e Al Pacino arrasam em suas interpretações.


4 - HISTÓRIA DE UM CASAMENTO: 

História de um Casamento

Com uma temática simples, o longa engana ao aparecer se tratar de um romance da qual você está acostumado. História de um Casamento é melancólico, e traz detalhes que causam muitas identificações em nós. Scarlett Johansson e Adam Driver entregam provavelmente seus melhores trabalhos de atuação, e o filme ainda aproveita para pincelar temas como alienação parental e machismo.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



3 - PARASITA: Medalha de Bronze

Parasita

Forte candidato ao Oscar de melhor filme estrangeiro, o longa foi uma surpresa para mim. O diretor Bong Joon-ho consegue discutir sobre as diferenças sociais não só através do roteiro - que por sinal está um primor - mas também através de várias rimas visuais, que manda mensagens a todo momento - nada aqui é por acaso. Song Kang-ho traz uma interpretação maravilhosa.


2 - CORINGA: Medalha de Prata 

Coringa

O longa - como esperado - chegou para subverter os tão repetitivos filmes baseados em hq's, conseguindo isso com muita qualidade. Todd Phillips, bebe muito da fonte de Scorsese, e através disso consegue misturar um personagem totalmente fictício com questionamentos sociais bem polêmicos. Joaquin Phoenix se entrega completamente a sua interpretação, o que coloca seu nome como um dos  favoritos ao Oscar. Além disso, o filme traz um clímax único, que faz a gente saltar da cadeira com tudo aquilo.


1 - ERA UMA VEZ EM... HOLLYWOOD: Medalha de Ouro 

Era uma Vez em Hollywood

Com um história única, Tarantino volta a surpreender os amantes do cinema com uma verdadeira obra de arte. O diretor que tem a fama de "justiceiro social", reimagina um acontecimento histórico de uma forma peculiar e  curiosa. O longa corre o risco de não ser compreendido aqui no Brasil ou em outros países, tendo em vista que prefere não se auto-explicar, no entanto, a história que ele retrata é muito famosa nos EUA, e lá é impossível não saber do que se trata. Leonardo Di Caprio arrasa, e em minha humilde opinião só corre o risco de perder a estatueta para Phoenix.


Menção Honrosa: ALITA: ANJO DE COMBATE

Alita - Anjo de Combate

A animação que trouxe uma história totalmente nova aos cinemas - já que é baseada em um mangá de mesmo nome - surpreende por seus efeitos especiais maravilhosos e um roteiro considerado simples, porém que cativa o suficiente para você se envolver totalmente no longa. As cenas de ação são um espetáculo a parte. 

Nenhum comentário

Por favor, seja respeitoso com o colega, obrigado!