Recentes

Os 10 piores filmes de 2019

Fênix Negra

Trago hoje para vocês a seleção de piores e mais horrendos filmes do cinema (e streming) do ano de 2019. É tanta coisa ruim que o melhor que vocês fazem é apenas ler esse artigo, e passar bem distante desses longas, isso caso já não tenham tido o azar de terem assistido.

Diferentemente de algumas listas por aí, decidi selecionar filmes apenas entre os mais conhecidos, pois existem uma infinidade de obras tão ruins  quanto, mas que não fui capaz de assistir - seja por falta de tempo ou de interesse.

Logo sairá por aqui a seleção dos melhores do ano, fiquem no aguardo. Vamos lá!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



10º CAPITÃ MARVEL: Chegando para ser o primeiro filme de heroína do MCU, Capitã Marvel é chato e quase sempre arrastado, o plot twist até dá uma sobrevida ao longa, mas o roteiro é tão fraco, que nada a Capitã pode fazer para salva-lo.

Capitã Marvel


9º DUMBO: A Disney decidiu fazer um remake diferente da história original, e isso fez com que o longa perdesse muito de sua magia. Os efeitos especiais estão lindos, menos o bizarro Dumbo, que de fofo não tem nada. Além disso, o animal fica fazendo um incessante grunhido irritante. Para completar, as criança não tem carisma algum e todas as interpretações estão abaixo da média - nem mesmo Eva Green foi capaz de trazer profundidade a obra.

Dumbo

 

HELLBOY: Os efeitos especiais no geral até que estão bons, porém o filme é todo picotado, me fazendo pensar que a equipe de montagem é formada por crianças. Para piorar somos obrigados a assistir a total cafonice de Milla Jovovich. Uma grande decepção. 

Hellboy

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 


RAMBO: LAST BLOOD: Há um tempo atrás lancei um artigo falando sobre a expectativa sobre esse longa (veja aqui), sendo que uma delas eram as grandiosas cenas de ação, infelizmente o filme decepcionou muito nesse quesito, com algumas cenas mais elaboras apenas no último ato. Para não dizerem que achei o longa ruim por estar com as expectativas frustradas, o filme tem interpretações medianas, roteiro raso, e trata estrangeiros como vilões caricatos e sem profundidade. Trump adorou o filme. 

Rambo


ESQUADRÃO 6: Micheal Bay é especialista em fazer bagunça, o longa tem tanto corte, tanta câmera lenta, tanta música e tanto vai-e-volta, que em alguns momentos é impossível entender o que está realmente acontecendo. Com excessos de clichês e um roteiro superficial, a obra não oferece nada além de uma aventura genérica com orçamento alto.

Esquadrão 6


5º A MALDIÇÃO DA CHORONA: Um triste filme de terror que repete as mesmas convenções do gênero. O diretor até tenta, mas não consegue fazer com que nada no longa funcione. Com um orçamento muito baixo, os efeitos se tornaram praticamente amadores - parece um filme da Record.  

Maldição da Chorona


ELI: Mais um filme padrão de terror, as mesmas convenções e repetições do gênero que você já está acostumado a ver, a diferença é que aqui a direção força um plot twist sem sentido, deixando o roteiro totalmente cheio de buracos. O longa é bem parado. 

Eli

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


MIB - INTERNACIONAL: Com a medalha de bronze, MIB passa longe da qualidade da trilogia original. Tessa Thompson (Molly) e Chris Hemsworth (Agente H) estão tão ruins, mas tão ruins, que senti agonia ao assistir. Para piorar, o humor aqui é um grande e profundo erro. Provavelmente esse longa enterrou a franquia por mais algumas décadas. 

Mib


X-MEN - FÊNIX NEGRA: Com a medalha de prata, temos o filme da mutante mais forte do universo. O longa até se salva quando foca nas cenas em que Michael Fassbender (Magneto) participa, o ator consegue dar peso aos seus diálogos e deixa o filme mais interessante toda vez que aparece. Infelizmente esse é o único ponto positivo da obra, pois de resto, as decisões são tomadas aleatoriamente, a história parece não fazer sentido, a vilã é caricata, clichê e chata, e há a desnecessária e forçada participação de Jennifer Lawrence (Mística). 

Fenix Negra
 
 

O SILÊNCIO: E como vencedor, ganhando nossa medalha de ouro de pior filme do ano, temos essa obra simplesmente deplorável. Sendo uma cópia mal feita de "Um Lugar Silencioso" e "Bird Box", esse longa foi lançado apenas para encher o catálogo da Netflix. Em alguns momentos os efeitos especiais estão dignos de filme B, e a única coisa que você vai conseguir fazer aqui é dormir. Kiernan Shipka (de O Mundo Sombrio de Sabrina), fica com cara de pastel o filme todo, e o encerramento é talvez o pior final que vocês verão esse ano. 

O Silêncio


BÔNUS: Infelizmente ainda não assisti a "Cats", porém saibam que o longa já está escalado por muitos críticos(as) e sites especializados como um dos piores do ano, então fica a dica, não percam seu precioso tempo. 

Cats

Um grande abraço!