Vingadores: Ultimato (Pllano Geral)

ESSE ARTIGO NÃO CONTÉM SPOILERS!

Estamos em um momento épico, um momento que está entrando para a história do cinema mundial, um filme que vai possivelmente bater todos os recordes de bilheteria, e que daqui a alguns todos nós vamos nos orgulhar de ter assistido o mesmo no cinema. É claro que estou falando de Vingadores: Ultimato (Avengers: End Game).

Tenho observado um movimento de tanta adoração pelo filme que até fiquei assustado - tirando uma matéria publicada pela Folha de São Paulo - o resto são todas umas falas quase que religiosas em torno da obra. É claro que o mesmo representa muito, representa o fim de uma era de anos do MCU, no qual durante esse período foi angariando uma legião de seguidores. 

O principal problema disso tudo é gerar uma expectativa estratosférica, o famoso hipe das redes sociais. Se essa expectativa não for não condizente com o produto em si apresentado, pode acabar levando a uma frustração ao telespectador. Quem não lembra do trailer maravilhoso que tinha Esquadrão Suicida?

Mas calma colegas, não estou dizendo que Vingadores sofrerá do mesmo problema, até por que já podemos observar várias resenhas discursando maravilhadas pela obra. Esse pequeno e breve texto é apenas uma reflexão.

Aqui a discussão não se dá sobre a qualidade do filme, e sim sobre nossas "expectativas". Esse sentimento que nos envolve tanto e que tem uma irmã ainda mais poderosa, a chamada decepção. 

Por isso é muito importante que você tente sempre controlar essas suas expectativas. Infelizmente não existe receita de como fazer tal façanha, por isso o ideal é tentar ser o mais realista possível, observar a situação de forma ampla e fazer sempre o exercício mental de que sim, aquilo pode não sair como o esperado. 

Sabemos que decepção e frustração são sentimentos importantes também para um bom amadurecimento, então saiba lidar com eles, lembrando que breve os mesmos irão passar. 

É isso galera, assista o filme com consciência. Um abraço!